Criar um Site Grátis Fantástico
SEJA BEM VINDO!



NATURALMENTE ZENRIQUE

Natural de Buerarema, Compositor, intérprete, percussionista, ator, diretor e produtor de eventos artísticos e culturais, sendo ainda ambientalista, Zenrique têm uma já extensa carreira contribuindo efetivamente para o melhoramento das atividades culturais no Sul da Bahia. Co-articulador de 14 Feiras de Artes de Buerarema, (1975-1989) movimento artístico-cultural promovido pelo Grupo de Arte Macuco. E em 1990-1996 ele criou e produziu o projeto cantando, dançando e expressando a historia, trabalho de pesquisa pedagógica educativa, desde os primórdios indígenas até os dias atuais passando por vultos históricos e datas comemorativas tendo como resultado uma apresentação teatral com jovens da comunidade. Também é fundador da Banda Energia Azul, tendo gravado o compacto “Raízes do Cacau”. Em 1983 participou do Projeto Pixinguinha em Itabuna-Ba. Fazendo a abertura de shows dos músicos Belchior, Fátima Guedes, Emílio Santiago, Sá e Guarabira. Em 1987 participou do Projeto “Zumbi dos Palmares”, no SESC, em São Paulo como ator, percussionista e intérprete. Entre 1986 e 1994 participou como intérprete no “Projeto Terra Vista Festival” realizado no Centro Cultural Adonias Filho. Em 1987 participou do Projeto “Asa Branca” com promoção da Caixa Econômica Federal, ao lado dos artistas Renato Borguetti, Osvaldinho do Acordeom e Dominguinhos. Em 1996 coordenou e apresentou o show de Educação Ambiental “Nu Brasil antes de Nós” realizado no Teatro Municipal de Ilhéus, repetindo a apresentação em 1999 na II Canoagem Rumo ao Mato Virgem, promovida pela Universidade Livre do Mar e da Mata (Maramata) com a presença do embaixador Claus Duisberg e na Universidade Santa Cruz (UESC). Em 2001 lançou o CD independente “Mistura Fina” e fundou o Grupo Tambores Tribais onde ministrou aulas de percussão e dança em Olivença para adolescentes da periferia e do centro, Iniciou o Projeto “TambôTribal” pela Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC) onde coordena, ensina e dirige cem adolescentes da periferia da cidade.Lança o 2o CD solo “Forró Regiuniversal”, pela FICC, com uma temática sócio-política- ambiental. Show Ecomusical Zenrique e Banda Verde, dia 16 de junho de 2004, no Centro de cultura Adonias Filho, em Itabuna-Ba, para estudantes das camadas mais carentes, uma parceria com a Caixa econômica Federal, EMASA e SESC. Show no Teatro Municipal de Ilhéus, em 19 de agosto de 2004, em parceria com a IESB (Instituto de Estudos Sócio ambientais do Sul da Bahia), Fundação de Ilhéus FICC  (Fundação Ilheense de Cultura), Show na praça principal de Buerarema em 2008. Estando recentemente com seu novo CD, Cheiro Arengueiro, mantendo a temática de preservação ambiental através de vários ritmos musicais, apresentação dia 16 de outubro de 2009 para a UNESCO na UESC, gravando atualmente quarto volume da sua carreira solo, (Naturalmente Zenrique) com doze (12) fachas, sendo seis delas, homenageando compositores antológicos da musica regional Grapiúna, tais como: Tony Coaraci, Marcelo Ganen, João Veloso, Luiz Coelho, entre outros.


Queremos Saber
Qual CD de Zenrique Você Mais Gosta?
1º Mistura Fina
2º Forr´Regiuniversal
3º Cheiro Arengueiro
4º Naturalmente ZENrique
Todos
Ver Resultados





 

  Assistir  video!




Total de visitas: 2261